sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Muita calma nessa hora...


No momento em que escrevo este texto, a Ferroviária vem de uma série invicta de 8 vitórias na Copa Paulista. É um número a ser observado.
Dificilmente uma equipe, em qualquer torneio ou divisão, consegue tal feito. Muitos vão dizer que a Copa Paulista não serve pra nada ou, quando muito, serve para preparação do time para a série A-2. Concordo em parte.
É verdade, e esta ideia foi vendida pela diretoria, pela imprensa araraquarense e por toda comunidade, que a Copa Paulista serviria como laboratório para os comandados de João Martins. Ver quem serve e quem não serve para o próximo campeonato, que é o que realmente importa. A este respeito indico a leitura do blog: afegol.blogspot.com, em que o autor, Ricardo Gomes, faz uma análise individual dos jogadores.
Mas também é verdade que algo diferente está acontecendo. O até então instável (principalmente nas escalações) técnico João Martins parece ter conseguido dar um padrão de jogo ao time. Mais que isso, os jogadores do atual elenco parecem ter internalizado que a Arena da Fonte é "nossa casa". As exibições em Araraquara – sempre cercadas de descrédito – seja pela pressão da torcida, seja pelas dimensões do gramado, estão sendo boas.
Mas que o torcedor não se engane: logo virá uma derrota! Falando assim, soa pessimista, eu sei. Mas não é. É realista. Como todos sabem, esta Copa Paulista é uma experiência. E não há time que fique invicto pra sempre. Nunca é demais frisar que o importante, para a Ferroviária, é a série A-2, e logo depois, voltarmos à primeira divisão.
Então, um eventual título da Copa Paulista – e a classificação à Copa do Brasil – como já ocorreu em 2006, será lucro. Se ocorrer que bom! Se não, que bom também. O importante, neste momento, é que estamos formando uma base sólida para o Campeonato Paulista da série a-2. Bons jogadores, um padrão de jogo e um panorama de segurança que nos permite sonhar com o acesso – este sim desejado – à série A-1. E não chorar com rebaixamentos como tem ocorrido nos últimos anos.

Um comentário:

Rosângela Matos MTb 5490 disse...

Gostei do seu blog Rodrigo, parabéns!